Dado Transforma suas Ideias em Inovações   

Os dados transformam suas ideias em inovações que mudam o mundo. A humanidade desde seu início vem deixando rastros e vestígios do progresso e de sua história até os dias de hoje. No passado de uma forma rudimentar, mas inovadora nossos ancestrais deixaram legados de como a inovação foi se acumulando ao longo destes milhares de anos.

(Imagem da capa da Revista The Economist, 8 Ago 2015, Nara/SPL/Alamy)

Muitos milhares de coisas foram criadas em função das necessidades e do instinto pela sobrevivência. Estas criações evoluíram para o cenário atual que presenciamos ao nosso redor: as nossas casas, os edifícios que nos abrigam, as metrópoles, as cidades, as nações, as empresas e as pessoas conectadas e colaborando umas com as outras. Nota-se que o espirito de colaboração está presente no processo de inovação desde a antiguidade.

Os cientistas e arqueólogos em suas buscas nos sítios históricos coletam dados, que transformam em informações e levam ao conhecimento de como esta evolução aconteceu devido a um processo criativo continuo que se perpetua até hoje.

Como diz o artigo da revista The Economist, não haveria Jazz, se não tivesse o Blues, não haveria IPhone sem o “touchscreen” e assim continuamos a evoluir permanentemente.

Na área da tecnologia um dos mais inovadores personagens da nossa história é Leonardo da Vinci que com sua vasta capacidade criativa e domínio em várias áreas deixou um legado enorme do processo de criação e inovação. A revolução criada por Guttemberg com a invenção da prensa, foi considerada como a mais influente do segundo milênio. Uma das tecnologias mais utilizadas nos tempos atuais foi invenção de uma mulher, Hedy Lamarr, inventou um sistema de comunicações secretas, durante a Segunda Guerra Mundial, para torpedos controlados por rádio, empregando “salto de frequência”. A tecnologia de Hedy Lamarr foi base para outras tecnologias, como o Wi-Fi e o GPS. Nos dias atuais ainda lembramos de Thomas Edson com seu invejável número de patentes, e mais recentemente as empresas de tecnologia e dados que com o uso da internet, computação na nuvem, que proporcionaram a criação de milhares de aplicativos e muitos deles tornaram a nossa vida mais fácil.

No artigo de Gary Pisano “You need a innovation strategy” fica claro porque as empresas estão adotando uma matriz de inovação que envolve tecnologia e o modelo de negócios.

O problema com os esforços de melhoria da inovação está enraizado na falta de uma estratégia de inovação e uma estratégia não é mais do que um compromisso a um conjunto de políticas coerentes e que se reforçam mutuamente ou comportamentos destinados a alcançar um objetivo com competividade específica. Boas estratégias promovem o alinhamento entre grupos dentro da organização, esclarecer quais os objetivos e prioridades que ajudem a concentrar os esforços entre eles.

O dado no mundo começou a ter importância há muito tempo, e a análise de como os fatos e os eventos se relacionavam foram sempre observados pelos seres humanos.

Agora que vivemos a era digital, atuar na base do instinto quando se trata de tomar decisões ficou para traz há muito tempo. Hoje, todos os elementos de uma empresa, desde o design, produção, distribuição, marketing, serviços ao cliente, são monitorados medidos e analisados instantaneamente.

Um dos papéis cruciais para as empresas inovadoras, é o que os dados mostram para uma audiência, às vezes cética, de que o seu produto e/ou serviço fornece uma nova solução para um problema recorrente.

Você sabe que sua ideia pode até mudar o mundo, mas juntar fatos e evidências para convencer os outros é muito mais simples quando você tem e utiliza uma boa estratégia de dados.

Você pode contar com a experiência da MSI Marketing  para ajudar na sua estratégia de MarTech – Marketing e Tecnologia nas áreas negócios, dados, fluxo de processos e tecnologia.

Se você não viu os posts da Série Dados é Tudo, clique aqui que você encontrará os mesmos.

Escrito por: Jose Peyon